quinta-feira, dezembro 09, 2010

Para de ser mulher homem.

2004_million_dollar_baby_010_large

 

Ultimamente construo textos bem qualificados, argamassas e tijolos vermelhos, cor de barro.

Ultimamente tenho sido distante, tenho sido mais ali do aqui tenho sido aquilo que te faz pensar, que te faz questionar.

Sou mesmo o último, a última na verdade, não tenho nada para coçar entre as pernas, mas você também faz um papel tão estranho, fica me perguntando... “Porque você não me ligou?”

Não sei, eu acho que sou sempre a última, a saber, que a minha parte consciente ou qualquer outra parte de mim, prometeu essa ligação. Desculpe-me não te disquei. E você espera, faz cara de resposta e depois eu entendo que era uma pergunta retórica... E isso me faz pensar que, se essa vida toda for uma retórica estarei estrepada pois se todas as vezes que a vida quis me mostra o sentir, o sentir do medo ao sentir do amor, isso pra mim são a mesma coisa, mas ela quis me mostrar e eu apenas comecei a pensar em outras coisas e assim como você a vida pois a mão na cintura e esperou, porque? Por que tu não me discaste? Por que tu não queres sentir medo? Não quer amar? Por quê?

Não sei. Não sei.

14 comentários:

gabs disse...

Maravilhoso Lu, me encanto com os seus textos...serio!
E porque ele não ligou? Não foi atras?...
Enfim, ganhei uns selinhos hoje e vou postar logo no blog, depois vai lá que vai ter um pra você! *-*
Fiz a continuação daquela historia, tambem já postei...
Beijos

D M Rangel, disse...

Tantas dúvidas
Mas ser mulher homem, homem mulher, às vezes dá certo, um certo equilíbrio latente que todos precisamos

Belo!

beijos, Lua

Cynthia Brito disse...

Ah, muiito bom Lúh!

Há um selinhopara ti em meu blog, se cuida.
Beijo :P

Descobrir-se Descobrindo disse...

É LU ser mulher homem sem dúvida nenhuma é a melhor coisa. Pensr igual homem nos tira esse excesso de sensibilidade feminina que tanto nos atrapalha pela vida.

O texto ficou realmente ótimo.

Bjão.

Nina disse...

Essa imagem se eu não me engano é de um filme que não me lembro o nome!

Adorei o post amoree!

Bjos

Nina

Nos Amando... disse...

talvez amar
seja doloroso
quando se já se teve uma perda
amar é....
difícil
pois tem que se reaprender
a não ter medo

Marcos de Sousa disse...

Gostei do texto.

Seu blog sempre com excelentes textos.

Beijos

Nina disse...

Eu resolvi tirar aquela parte da história e vou postar amanhã. É pq eu preferi deixar apenas o assunto do amigo secreto. Amanhã postarei essa parte q tirei!

Bjos

Bjos

fatoSempalavras disse...

''é bom, às vezes, se perder...sem ter porquê...sem ter razão''

me lembrou essa bela canção dos los hermanos.

Nina disse...

Eu postei aquela parte de ontem hoje. Só que eu coloquei mais algumas frases!

Se quiser dar uma olhadinha...

Babi disse...

eis a questão: Por que!?
Por que simplesmente deixamos de fazer certas coisas, ou por que simplesmente fizemos outras?
Humanos. Somos apenas humanos.

ótimo texto, ótimo blog.

=*

Betty Gaeta disse...

Oi Lu,
Está o maior barulhão na minha volta, então li mas não entendi o texto. Vou ver se volto mais tarde com mais calma e silêncio.
Bjkas e uma ótima semana para vc.

http://gostodistonew.blogspot.com/

Suzi C. Lima disse...

fiquei rindo do título da postagem...rs!
--------------------
bem,ás vezes, a gente deixa de tomar decisões por medo. [o que, nem sempre, é bom..].

Ve.B e Nina disse...

Oi, amoree. Aqui é a Nina, estou na conta da minha amiga, é q a gente tá fazendo um concurso e eu tô com preguiça de sair. Dá mó trabalhão.

Eu e minha amiga estamos fazendo um concurso no blog Garota moderninha e nós gostaríamos muito que você participasse. É muito importante pra gente!

garotaa-moderninha.blogspot.com

Bjos

Nina