domingo, junho 06, 2010

-Surpresa! ( Parte7-fim)

Como poderia ser possível recomeçar uma vida no cemitério, aonde todos vão com os seus corações partidos por ter perdido um ente querido e amado?
Se eu não conhecesse muito meu amigo Rick eu diria “ ah mais isso é uma grande mentira”, mas eu o conheço e sei muito bem que podemos cometer erros, grandes erros que mudam a nossa vida por completo( literalmente). Todos nós cometemos erros, quem nunca disse algo sem pensar ou além de pensar disse algo que ferio mais do que se fosse uma espada atravessando um peito?
Só que quando falamos de traição já é algo mais complexo não é mesmo?
Existem os que dizem que se fossem traídos colocariam um fim em tudo, outros dizem que traem mesmo, afinal, ninguém é de ninguém, certo? Não sei.
Nessa história meu amigo Rick se arrependeu, passou por seu desequilíbrio, mas reconheceu o erro, e não só um, mas vários erros. E Raíssa passou por cima de seu orgulho, de preconceitos e acreditou no amor.( mesmo com seus altos e baixos).

Quando saio do hospital em uma manhã muito ensolarada, porém com ventos muito gelados- era aqueles dias em que na sombra faz muito frio e no sol está formidável- Rick foi para casa e durante o caminho refletiu em tudo que aconteceu nos últimos meses, a sua traição, as brigas com Raissa e com sua irmã Renata, a quase aproximação com a sua mãe, o dia do reencontro amargo com Andréia( mas que mudou toda a história) e por último e o mais importante a reconciliação com Raissa e isso era que fazia o coração de Rick bater mais forte e agora fazendo a coisa certa, sua consciência estava mais que tranquila estava em paz.

Estacionou o carro na garagem como de costume, pegou a mochila que estava no banco de trás, trancou o carro, subiu as escadas bem lentamente, pois ficar tantos dias deitado o deixara com as pernas preguiçosas, buscou pela chave da porta da sala, mas percebeu que a porta já estava aberta, que foi um grande susto, afinal já fazia algumas semanas que ninguém vinha até a casa dele, na hora pensou em mil e uma coisas que poderiam ter acontecido com a sua casa, será que havia sido roubado? Porém resolveu matar a curiosidade. Passou pela porta assustado, procurando por vestígios de vandalismo, porem a casa estava,muito limpa e organizada...

-Surpresa!!!

Realmente foi uma grande surpresa, quase que Rick cai para trás com tamanho susto que teve vendo todas aquelas pessoas em sua casa, mas tudo ficou muito apagado depois que observou Raissa caminhando até ele. Ela estava mais linda do que nunca, havia cortado os cabelos, estavam agora bem repicados com uma franja caída nos olhos, sua face havia ficado mais angelical, estava com o vestido de magas curtas, lilás, que ia até os joelhos, Rick por um momento teve vontade de cobri-la afinal lá fora estava frio, pelo menos foi esse o motivo que dera para seu ciúme.

-Seja bem vindo- Com os braços ao redor do pescoço o beijou.

-Eca!

-Luiz um dia você também vai fazer isso – disse Renata para o filho.

- Não se eu puder correr. - E colocou as mãozinhas gordas no rosto.

- Então quer dizer que você organizou tudo isso, enquanto eu estava internado, e eu pensando que você estava querendo se livrar de mim.

Com as bochechas rosadas Raíssa confessou- Não faria isso...

-Desculpa, como eu poderia pensar isso de você ?- E, pois as mãos em seu rosto, tão perfeito, que dava medo de tocá-lo com receio de que pudesse machucá-lo- Vamos recomeçar? ...Como o combinado em?

Então Raíssa o soltou lhe estendeu a mão- Olá meu nome é Raíssa!

-Ah acho que podemos pular algumas partes... - Rindo os dois se abraçaram e depois foram curtir a festa e recomeçar suas vidas, mas é claro, pulando algumas partes, porem acrescentando outras partes como, os próximos nove meses que foram de muita expectativa.


Fim.
"Escrevendo por linhas tortas." Por: Lua.S

obs. MUito obrigada mesmo pelas pessoas que acompanharam o conto, eu fiquei muito feliz ( de coração)por vocês terem lindo esses post's enormes e terem comentado( E quem não comentou obrigada também). Estou muito grata mesmo.

Segundo quero agradecer também de coração, pela Rebeca Postigo, por ter me dado um selinho( DE BLOG TA GENTE?). Muitissimo obrigada flor.

Um ótimo domingo e uma semana de muita luz para vocês.

Beijos.

6 comentários:

Harry disse...

Ahhhh *---*
Adorei, todas as partes, mesmo.
Agora...vai fazer mais contos? Vc tem realmente um "dom" pra isso ;]
Parabéns de novo (pela sétima vez =D)

Rebeca Postigo disse...

Lindo conto!!!
Amei!!!
Quanto ao selinho...
Você merece!!!
xD

Bjs

mariliaanascimento disse...

Lu, amei demais! Vc tem um dedo ótimo pra contos... Acho q tbm se daria bem em crônicas, q tal tentar?
Aliás, chorei horrores com esse conto... Pessoal sentimental? Magina!
Parabéns lindona, tá dez!!!

Milla disse...

Adorei a forma como você terminou o seu texto! Meus parabéns e que venha mais histórias :)

beijos

Naty Araújo disse...

Ahh eu li essa 7ª parte, mas achei uma injustiça pq tenho que ler as outras pra ficar melhor.

Gostei, gostei mesmo.. dá pra ver que vc escreve bem.
Mas quero acompanhar o desenrolar da história e pra isso lerei as postagens anteriores.
Td com calma, claro rs.

Beijos.

kiko... disse...

comentários merecidos...
ficou muito bom mesmo!...
parabéns!...