quinta-feira, maio 20, 2010

Não tem jeito.

Admita, você errou em não me amar;
E eu confesso, também te amei de mais e quando parecia que tudo poderia ser verdadeiro, eu destruí aos poucos, jogava água, me desculpe, mas acabei com o nosso amor, acabei com cada plano, pois eu queria que desse certo, mas não queria correr o risco de dar tudo errado e me machucar.

Vivo querendo viver e quem sabe te encontrar sem querer, será possível?
Te faço um poema, uma música... Sinto saudade, mas isso não é o bastante para um coração que tem medo de amar, quero ter, ter a certeza de que tudo está bem, quero ter, ter você pra mim, agora. Mesmo com tantos fatos contras... O amor, será que não é um salto positivo?

Me desculpa por amar, me desculpe por não querer me machucar.
Caminho no sentido de sonhar cada vez mais, fazer planos que nunca poderam dar errado, pois, sofrer, dói tanto... E tanto, que só quero agora ser feliz, sem dor, mas creio que não seja possível amar, sem sofrer.
E da pra ser feliz sem amar? ...Amar v o c ê.

2 comentários:

Milla disse...

Adorei seu texto! Sei bem como é isso, querer amar mas ter medo de se machucar..É um risco que nós temos que escolher assumir ou não em nome do que sentimos...

beijos

Rebeca Postigo disse...

Talvez...
Não prevemos o futuro...
Então...
Deixe que a vida lhe dê as coordenadas...
xD

Bjs