segunda-feira, abril 18, 2011

Te vi.

 

sleep_large

 

De tanta dor que sentia.

A cabeça pesava e a testa doía.

Quando fechei os olhos vi uma cena, você e eu rindo, eu te abraço e fica tudo bem, quanto carinho.

Abro os olhos. Acho estranho.

A dor vem, lateja, minha cabeça pesa, o pescoço dói.

Viro-me para o outro lado mais escuro do quarto.

Fecho os olhos. E lá vem outra cena, eu e você.

Ganho um beijo no rosto. Vejo-nos dando risada. Você me abraça e fica tudo bem, quanto carinho.

Mas sinto dores. Dores que me atrapalham toda vez que fecho os olhos e vejo nós dois.

Hoje quando acordei só pensava em duas coisas.

- qual é o nome disso? Sabe, quando você fecha os olhos e vê algo, mas não está dormindo.

- preciso me livrar da dor, para poder passar mais tempo de olhos fechados vendo você e eu.

10 comentários:

Alicia disse...

ai, isso me doeu.

Karlinha Ferreira disse...

O noem disso é paixão e pra a dor de cabeça parar só resolvendo essa situação, até lá tome dorflex.
RS

Letícia Arruda disse...

Bom dia flor :D
Adorei o seu blog, ele além de ser lindo é interessante também !!
To seguindo você, me segue também !!
http://lettymorenaa.blogspot.com/
Abração pra você !!

Júlia disse...

Oi Lu! Ja passei muito por isso, fechando os olhos e vendo o passado, abrindo e vendo o presente.
Dó né?! ;/
Mas aquilo que todo mundo diz... passa. Pode demora meses ou anos, mas uma hora passa, porque aqueles que amam, tem DIREITO de ser feliz e poder fechar e olhos.. sem sntir dor alguma.

beijo =*

Mgomes - Santa Cruz disse...

Luana: Isso tudo é amor tens que procurar o teu amado, por tu isso é um amor profundo.
Beijos
Santa Cruz

Gabriela Freitas disse...

doce, dolorido e apaixonante?
Uma Luana diferente do tradicional, estou gostando disso!
Acho que o nome disso aí Lu, é paixão, quem sabe não vira amor hein?

Long Haired Lady disse...

alguem já disse que felicidade é quando a realidade é melhor que os nossos sonhos…

espero que isso aconteça logo!

Naty Santos disse...

A dor do amor...

sarah disse...

Que ela passe, o quanto antes.

Luiza disse...

Temos essa coisa típica de nos imaginar com o outro, nunca sei se é bom ou ruim. Um beijo