quinta-feira, abril 21, 2011

Porta, pedra e água.

tumblr_ljtvfxCcir1qj6a6oo1_500_large

 

É estranho olhar pra você e querer te abraçar, querer passar mais tempo com você.

E a pior parte é querer teimar comigo, quando meu inconsciente diz “você está gostando dele!”.

E meu coração, sereno, nada responde.

Meu consciente já vai logo nervoso dizendo- é melhor parar com esse papo, que gostando o que...

Eu no geral não sei de quase nada, parece que estou de frente para uma porta na qual já estive tantas vezes, sei que a chave está no meu bolço. A porta me encara, se for isso for possível . Sempre parei nessa porta, há tempos não passo por ela, chegando aqui sempre volto e sempre digo para mim- que é melhor não tentar. Hoje eu ando pensando que por você, eu tentaria, abriria a porta e me jogaria daquele penhasco, nadaria na paixão, e depois flutuaria no amor.

Mas ai eu acordo, abro os olhos, olho para o lado. Penso ‘isso não vai dar certo’.

Mesmo sabendo daquela lei da atração, somos o que pensamos, ou temos o que merecemos, pergunto-me: se eu quero tanto você só devo pensar em você? Imaginar planos, lugares, eu e você... Isso seria pensar positivo, estilo aquele livro ‘o segredo?’ ou seria ilusão? Qual é o limite entre querer você ao meu lado e me iludir com você?

Esse capítulo, eu já procurei, não tem nos livros.

2 comentários:

Fernand's disse...

infelizmente não há manuais de instrução para coisas do coração... vc só vai saber se deixar rolar.



sorte.
bjsmeus

Gabriela Freitas disse...

vpa com calma nisso aí hein Lu, não se confunda, tenha certeza e, APROVEITE cada segundo desra alegria intensa que deve estar morando ai dentro, vá se entregando com calma por que se for amor, paixão, ah garota, quem não quer isso? Mas cuidado, você sabe como cair dói, matenha-se apoiada até ter certeza de que vai se manter em pé!