domingo, janeiro 16, 2011

Sem fins lucrativos

Pergunto-me todos os dias se você sabe que eu existo, se assistiu aquele filme que passou na sessão da tarde eu acho que você iria gostar daquele filme, e do cara que usava um terno roxo. Será que você vai lembrar que prometemos assistir este filme no cinema? Não. Eu acho que você deve ter esquecido, não só do filme e dos planos, como também das vezes em que disse me amar e de outras em que me disse “você é a minha alma gêmea”. Outro dia me disseram que esse papo de alma gêmea não existe então eu concordei, se existisse mesmo você estaria aqui e teria a bondade de me amar. Porque o final feliz não é o fim, é apenas o estado de felicidade, o fim não é o fim e sim o começo de um recomeço de aprendizados sobre: como sobreviver sem aquela pessoa que amamos. Então como diria os drogados “só por hoje” não quero precisar lembra-se de você, só por hoje quero ser um estado independente de fins financiados por você, quero ser livre do fim ao recomeço.

8 comentários:

Viiviih M. disse...

Viva o hoje a cada dia e larga o passado que não te faz bem de lado,viva o hoje.E se ele te abandonou não significa que deves fazer o mesmo,viva o hoje e seja sempre presente-mais do que qualquer pessoa-em sua vida,em sua alegria,pois você tem o mérito de ter persistido e ganho cada conquista,independente se amorosa ou não.
beijoos ;*

Pelo amor ou pela dor .. ! * disse...

que lindooooooooooooooooo ; parabéns.

fatoSempalavras disse...

''Pra que sofrer com despedida
Se quem parte não leva
Nem o sol, nem as trevas
E quem fica não se esquece tudo que sonhou
I know ....

Alguém quando parte é por que outro alguém vai chegar
Num raio de lua, na esquina, no vento ou no mar
Pra que querer ensinar a vida?
Pra que sofrer?''

me fez lembrar bastante essa música da Rita Lee que o grande Cazuza regravou.

Olha,vou te dizer, te conheço pouco,mas o suficiente para dizer que tens sentimentos mt nobre. Sei que vc se cuida,mas, faça valer ainda mais todo esse poder sentimental que tens em ti. Assim,de certa forma, vc supera. Vc encontra felicidade.

bjs.

Rebeca Postigo disse...

Hehehe...
Um dia conseguimos...
Apenas viva um dia por vez...

Bjs

Dave disse...

Esquecer é impossível. Ao longo do tempo, passamos a conviver melhor com aquilo que nos fez mal, ou nos entristeceu. Acredito que se algum dia "ele" sentiu alguma coisa verdadeira e sincera, sim, ele lembra. Ele de vez em quando se pega pensando, ele sente saudades. Mas infelizmente, nós homens, ainda desprovidos de toda sensibilidade necessária para entender e amar por completo uma mulher, ou a mulher que nos ama, pecamos, em nos cercar de orgulho e teimosia, ao negarmos pra nós mesmos que não sofremos e somos fortes o suficiente pra deixar tudo isso de lado. Mas um dia, nós aprendemos.

Beijo.

*Erika Rayana! disse...

oiii, estou seguindo viu..
gosti daqui
passa la no meu tbm flor..

bejinnn

• cynthia bs disse...

Ai, Lú, é mesmo.
E esse teu texto também encontro tão puras verdades (:

E o pior é sabermos que somos e pensamos assim, e que devemos mudar, mas que não conseguimos fazê-lo :s

Ótima semana para ti, querida **

Suzi Montenegro disse...

.

A vida é um ciclo e sempre é preciso que um termine para que outro comece. Que possamos aprender algo com o que findou, para tentarmos, quem sabe, um que realmente tenha um final feliz.

Sempre bom passar por aqui.

Deixo beijos e sorrisos

.
.