terça-feira, junho 29, 2010

Não sei.

Não sei o que fazer com a minha solidão.
Então o que posso dizer ela?
O que dizer para a solidão?
Talvez: “vá embora, por favor?”.
Então se mando a mando embora não estou mais só.
E se a mando embora fico só
Então por favor, solidão... Fique.
Deixe minha casa escura.
Pegue aquela bebida e a deixe mais desejável.
Chame a preguiça e as lembranças.
Deixe essa poltrona mais confortável.
Faça os retratos pararem de me olhara.
Faça o sol lá fora ficar frio.
Por favor, solidão ou me realize ou vá embora.

Não poderia dizer para o mofo sair das minhas roupas
E nem posso implorar para que o tempo volte
Se não sei lidar com isso, como vou lidar com a solidão?
Gostei das coisas que mais odiava fazer ou posso dizer que apenas me acostumei?
Mas com a solidão não... não me acostumei.
Aprendi a lidar com a vergonha de olhar para aquele rapaz.
Depois que experimentei os legumes, eu gostei e alguns até hoje não gosto, mas como.
Desculpe-me solidão, mas com você, mesmo depois de anos, não me acostumei.
Ainda não gosto do seu gosto. Ainda não consigo te olhar, te encarar.

Então o que dizer?
Todos vão me dar soluções.
Eles vão achar alguma solução.
Por que eles não estão aqui.
Quando olho um quadro e o acho bonito, tudo fica fácil.
Mas não tenho a menor idéia de como aquele pintor chegou até ali.
E também não tenho a menor idéia de como mandar a solidão embora.

11 comentários:

Marília Nascimento disse...

É engraçado esse sentimento de costume... As vezes a gente sente aquela pedrinha no sapato, por algum tempo não sabemos bem o que é... Quando percebemos é aquela tal solidão que ainda não nos deixou. É tão difícil lidar com ela quanto lidar com aquela pedra que colou no sapato e não quer sair.

* Luria Corrêa , disse...

a solidão é o sentimento que mais requer cada vez mais de nós, a coragem necessária para continuarmos a tentar desvendá-la e dela, obstruir novos sentimentos e meios de seguir em frente. Adorei Lua.

Beijos :)

pierre almeida disse...

Solidão... uma palavra tão simples e também muito triste. Por vezes acho bom me sentir sozinho, eu começo a refletir as coisas. Mas sempre acabo cedendo, pedindo pra ela ir embora. Ela se vai, mas volta, depois vai e volta novamente. Um ciclo constante.

Betty Gaeta disse...

Oi Lua,
Que lindo texto... Atire a primeira pedra quem nunca teve a Solidão como companheira.
Bjkas e boa noite.

Brunno Lopez disse...

Um quadro é apenas uma porção de movimentos que de establilizaram.
Assim como a solidão, que são passos que demos muito rápido, ruas que não viramos, horas que decidimos não contar.

Isso é um tanto glorioso, essa reflexão, essas letras que querem dormir no ombro de alguém...

Milla disse...

A solidão sempre acaba nos deixando confusos sobre o que fazer para mandá-la embora. Já pensei nessa ideia de mandar a solidão embora e ficar mais só ainda, mas manter ela acho que também não ajuda muito.

beijos

Luiza disse...

é difícil porque quando a solidão vai embora, nem sempre significa que teremos companhia. belo post. beijos

~*Rebeca e Jota Cê*~ disse...

Dizemos para a solidão...

... um XÔ bem grandão.

=]

Beijo imenso, Lua linda.

Rebeca

-

Luciana Meningue disse...

Desculpe a demora e obrigada pela visita no lumeningue.wordpress.com - Pode colocar o link no seu sim, vou incluir o seu nos meus links! Volte sempre e se quiser conversar sobre a profissão estou à disposição!

Att,

Juliana Mendes disse...

é assim..
todo mundo tem uma solução, uma palavra certa, um caminho pra seguir..
mas é só porque não são com eles..
a pior parte dos nossos problemas é porque ninguém tem nada a ver com eles..
e fim!
Então...
no mais... A solidão não é um ótimo amigo, ou amiga!
^^

Betty Gaeta disse...

Oi Lua,
é bem fácil achar livros de Oscar Wilde. Tenho certeza de que vc vai gostar muito de lê-lo.
Bjkas e uma ótima quarta-feira para vc.