quinta-feira, agosto 13, 2009

Traduzindo...

"Herdeiro da Profissional Autônoma que Atua na locação do próprio corpo por tempo determinadíssimo."

Entendeu? haha nem eu.
Outro dia meu pai chegou na sala falando isso, eu é claro. fiz aquela cara de caneca, dai ele me deu a resposta.

Significa : "Seu filho da puta!"

Isso, chama-se Prolixização!
eu particulamente, nem sabia que isso existia, na hora eu fiz pouco caso e tals, mas depois qe eu peguei as folhas para ler, vi que era muito legal, e que as vezes EU não entendo a minha própria língua. ( isso é um absurdo)
Aqui tem mais alguns exemplos.

"Uma relação sexual serve como exemplo para qualificar sua pessoa"
Ou seja : Você é foda!

"Retornaiá meretriz que vem a ser vossa genitora"
Ou seja: Vai Pra Puta que Pario.

"Impulsionar a extremidade do membro inferior contra a região de alguém."
Ou seja: Dar um pé na bunda.

"Derrubar, com a extremidade do membroinferior, o suporte sustentáculo de uma das unidade de acampamento"
Ou seja: Chutar o pau da barraca.

"Derrubar com intenções mortais"
Ou seja : Cair matando.

"Pomper a face".
Ou seja: Quebrar a cara.

"Bucèfalo de oferendas não perquiris formação odôntica"
Ou seja: cavalo dado não se olha os dentes.

"Sequer considerar a possibilidade de utilização de um longo pedaço de madeira"
Ou seja : Nem a Pau.


O que você achou dessas Prolixizações?

4 comentários:

joão disse...

"contracção da preposição DE com o artigo A, mais aquilo que o relógio mostra!!"


DA HORA!!...rsrs

Bruno e Joyce disse...

É muito engraçado e interessante. A gente percebe que existem outras muitas formas de falar a mais banal das frases prontas,rs, e que a lingua portuguesa é difícil até pra gente...rs

Bruno e Joyce disse...

Muito engraçado e interessante. A gente percebe que existem muitas outras formas de falar frases banais...rs e ainda vemos como a lingua portuguesa é difícil,rs.

Cláudio Luiz Almeida disse...

Nossa, o do Cavalo e do pau da barraca são engraçados demais. Se quiser visite meu blog e veja qual é o maior eufemismo na minha opinião. Bye!