quarta-feira, novembro 17, 2010

É minha e só minha.

 

 

 

As pessoas opinam tanto na minha vida, que ultimamente não sei quando acaba o muro da minha privacidade e quando começa o quintal deles.

5 comentários:

Nina disse...

Eu amo a minha privacidade!

Amo também seus posts!


bjinhos

Nina

Marcos de Sousa disse...

Infelizmente o conceito de privacidade está se ruindo...

Claro que eu aceito parceria com seu blog. Não achei seu banner... Então me adiciona no msn que a gente combina tudo certinho: mlucas92@hotmail.com

Beijos

Betty Gaeta disse...

Oi Lu,
Esta frase é sua mesmo? Adorei...
Comprei uma camiseta onde está escrito:
"Campanha pela vida...

Cada um cuida da sua".

Bjkas e um ótimo dia para vc.

http://gostodistonew.blogspot.com/

dear sarah disse...

Há 20 anos eu passei minha vida sem privacidade,
hoje em dia luto por ela.

ser dona no próprio nariz é complicado quando se tem pais.

você consegue, um dia ei de conseguir.
um beijo querida!

gabs disse...

Me sinto exatamente como você...sem privacidade. E o pior é ter que ouvir as pessoas opinarem em assuntos que só eu posso saber e decidir, afinal os sentimentos e pensamentos são meus, ninguem sabe o que eu quero e o que eu sinto.
Tente não dar ouvidos as pessoas que ficam tentando opinar nas suas escolhas, nos seus atos.